Leia também:
X MP investiga repasse da gestão Covas a escolas de samba

Senado aprova projeto sobre compra de vacinas por empresas

Medida facilita a aquisição de imunizantes pela iniciativa privada

Pleno.News - 24/02/2021 21h50 | atualizado em 25/02/2021 11h28

Senado aprova projeto sobre compra de vacinas por empresas Foto: EFE/EPA/Dominic Lipinski

Nesta quarta-feira (24), o Senado aprovou um projeto de lei que torna mais fácil a aquisição de vacinas contra a Covid-19 pela iniciativa privada. O texto estabelece uma série de regras para a compra dos imunizantes de modo que parte deles seja destinada ao Ministério da Saúde.

De acordo com a proposta, todas as vacinas compradas pela iniciativa privada deverão ser destinadas ao SUS enquanto a imunização de grupos prioritários, no PNI (Plano Nacional de Imunização), não for concluída.

Após a vacinação destes grupos, o texto estabelece que 50% das vacinas compradas deverão ser doadas ao SUS. Os outros 50% ficarão com a iniciativa privada, que deverão aplicar de forma gratuita. A comercialização será proibida.

Além disso, o projeto ainda libera estados e municípios a assumirem a responsabilidade por efeitos adversos de vacinas.

Poderão ser adquiridas vacinas com autorização de uso emergencial e também as que tiverem o registro definitivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O texto agora segue para análise na Câmara dos Deputados.

Leia também1 EUA planejam distribuir vacina da J&J já na próxima semana
2 Conheça 5 conservadores que já foram censurados na web
3 Técnica é afastada após aplicar 'vacina de vento' em idosa no Rio
4 Na Itália, autoridades rejeitam relaxamento de medidas
5 Maioria do STF libera compra de vacina por estados e municípios

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.