Leia também:
X ‘MEC apoia radicalmente retorno às aulas presenciais’, diz Ribeiro

Se houver 3ª onda, governo pode aumentar ‘economia de guerra’

Ministro reforçou que "não irá faltar dinheiro para a saúde"

Monique Mello - 27/05/2021 13h06 | atualizado em 27/05/2021 13h48

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: EDU ANDRADE/Ascom/ME

O ministro da Economia, Paulo Guedes, repetiu nesta quinta-feira (27) que, se houver uma terceira onda da pandemia, o governo poderá aumentar a “economia de guerra”.

– Se a pandemia fustigar novamente, se uma variante não for atacada pela vacina, se não estiver funcionando, vamos aumentar a economia de guerra. O protocolo está pronto, basta acionar a cláusula de calamidade da PEC Emergencial – disse Guedes, em participação durante evento realizado pela Coalizão Indústria.

O ministro da Economia reforçou que não irá faltar dinheiro para a saúde nem para uma eventual necessidade de renovação do auxílio emergencial e de outras medidas.

– Temos nossos princípios básicos. Em primeiro lugar, a saúde dos brasileiros. Temos compromisso é com a saúde e com a economia. Imagine uma economia desorganizada em meio a uma pandemia; o país afunda. Observem os dramas da Venezuela e da Argentina – disse Guedes.

Leia também1 Hackers invadem reunião de Guedes e exibem vídeos pornô
2 Guedes nega saída do Mercosul e fala em modernizar o bloco
3 Guedes diz que o governo tem 'olhar especial' para vulneráveis
4 Guedes defende privatizações para manter programas sociais
5 'MEC apoia radicalmente retorno às aulas presenciais', diz Ribeiro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.