Leia também:
X 242 atletas olímpicos recebem bolsa do governo federal

“Se eu sou o Bolsonaro, já teria fechado o STF”, diz Jefferson

Presidente do PTB garante não ter "medo" dos ministros

Monique Mello - 28/07/2021 16h04 | atualizado em 28/07/2021 17h12

Roberto Jefferson defende extinção do Supremo Foto: Reprodução

Roberto Jefferson, declarou que, caso estivesse no lugar do presidente Jair Bolsonaro, já teria “fechado” o Supremo Tribunal Federal (STF). Em entrevista ao programa Direto ao Ponto da rádio Jovem Pan, o presidente do PTB disse que há precedentes na Constituição para a atitude, citando o artigo 142.

– O Bolsonaro não é um cara de briga. Engraçado que ele é chamado de fascista, de ditador. Eu, se sou ele, já teria fechado o Supremo. O artigo 142 me dá poder para isso. Eu participei da discussão do poder moderador e garantidor das Forças Armadas, com o esvaziamento do Executivo frente ao Judiciário e Legislativo – disse.

No entendimento de Jefferson, as Forças Armadas estão acima dos outros Poderes. O artigo ao qual ele se refere diz que “as Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem”.

O ex-deputado garante que não tem medo dos ministros, os quais chamou de “incompetentes, lobistas, desonestos e corruptos”.

– É uma organização criminosa para fazer o crime de abuso de autoridade. Pode me processar. Eu já estou respondendo a um monte de processos de indenização moral e fui condenado, graças a Deus – disparou.

Leia também1 Jair Bolsonaro sobre 2022: "Devo disputar, não posso garantir"
2 Roberto Jefferson chama Justiça Eleitoral de 'cabide de empregos'
3 Jair Bolsonaro aponta que Lula é candidato de Barroso
4 Bolsonaro dispara: "Tá na cara que querem fraudar as eleições"
5 Gilmar Mendes envia à PGR quatro ações contra Braga Netto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.