Leia também:
X Paraguai envia integrante do PCC de volta para o Brasil

“Schelb não tem medo de tocar onde a esquerda se perpetuou”

Pastor Silas Malafaia defende nome do procurador da República para assumir a pasta da educação no país

Pleno.News - 22/11/2018 17h24 | atualizado em 22/11/2018 17h57

Pastor Silas Malafaia defende indicação de Guilherme Schelb para o Ministério da Educação Arte: Pleno.News

Cotado para assumir o Ministério da Educação no governo de Bolsonaro, o professor e procurador regional da República, Guilherme Schelb, tem grande apoio do pastor Silas Malafaia. De acordo com o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), Schelb é afinado ideologicamente com o que pensa o futuro presidente.

– Schelb é um cara muito preparado e muito inteligente. Ele vem travando batalhas contra a ideologia de gênero na escola e tem livros escritos instruindo professores e pais. É um cara corajoso, que não tem medo de tocar onde a esquerda se perpetuou na educação brasileira. Eu acho que se ele for ministro, vai ser um grande nome – declarou Malafaia ao El País.

Membro da Comunidade das Nações, em Brasília, Guilherme Schelb também conquistou a aceitação da bancada evangélica. Segundo o pastor Silas, os representantes irão assinar um documento com a maioria absolutíssima apoiando o provável futuro ministro do MEC. Compartilhando da mesma opinião do procurador da República sobre ideologia de gênero e a Escola sem Partido, Silas Malafaia é taxativo ao dizer que é preciso “limpar a porcaria” que a esquerda deixou na educação do Brasil.

– As universidades estão controladas por PT, PSOL e PCdoB. Você não tem democracia para os dois lados. Não tem debate democrático nenhum. A própria Constituição diz que a educação é dos pais. Não estamos falando de cerceamento, estamos falando de classificação indicativa. Então querer derrubar isso, vir com a conversa afiada de que a criança tem que saber. Quem tem que saber são os pais. Então sou a favor disso, sim – encerrou o pastor Silas Malafaia.

Leia também1 Campanha ajuda médicos de Cuba que não querem voltar
2 Assessor de Donald Trump se encontrará com Bolsonaro
3 Bolsonaro diz que indicação de filho não deve se concretizar

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.