Leia também:
X Bolsonaro chama Flamengo de vice-campeão da Libertadores

“Sanguinário e assassino”, diz Damares sobre regime Maduro

Ministra falou sobre a situação da Venezuela em evento que marcou 300 dias de governo

Paulo Moura - 24/10/2019 14h20 | atualizado em 24/10/2019 14h21

Damares falou sobre a situação da Venezuela Foto: Divulgação

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, falou nesta quinta-feira (24), sobre a situação vivida pela população da Venezuela em virtude da grave crise econômica e social que tem motivado milhares de cidadãos do país vizinho a migrarem para o território brasileiro. Na ocasião, Damares fez fortes críticas ao governo de Nicolás Maduro.

– Enquanto aquele regime sanguinário, assassino, estiver no poder, nós vamos receber venezuelanos no Brasil – afirmou.

A declaração foi feita pela ministra durante a apresentação das ações realizadas pela pasta nos 300 dias de governo. Segundo o governo brasileiro, com a crise, mais de 480 mil venezuelanos já foram atendidos pela Operação Acolhida, que auxilia os imigrantes desde a passagem pela fronteira.

– Estão entrando cerca de 700 a mil pessoas por dia em Roraima. Precisamos interiorizar 10 mil. Eles não estão vindo para cá porque querem largar a Venezuela, estão sendo obrigados a largar o país. Nós precisamos encontrar moradia, emprego – disse Damares.

Leia também1 Esquerdista diz que Damares Alves deveria ser estuprada
2 "Neste novo Brasil, nossas crianças são prioridade"
3 Ministra Damares diz que já sofreu 179 ameaças de morte

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.