Leia também:
X Interventor foi líder da UNE e trouxe Fidel Castro ao Brasil

Sangue, urina e fezes ajudarão a localizar autores de vandalismo

Materiais orgânicos deixados no local, estão sendo periciados

Priscilla Brito - 09/01/2023 17h42 | atualizado em 09/01/2023 19h21

Policias enfrentam apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro Foto: EFE/ Andre Borges

Nesta segunda-feira (9), o ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom) do Governo, Paulo Pimenta, afirmou à imprensa que a perícia segue trabalhando no Planalto. Pimenta comunicou que os materiais orgânicos, como sangue, urina e fezes deixados no local dos atos de vandalismo, servirão para identificar autores dos atos contra à Praça dos Três Poderes.

O ministro informou que irá atualizar a imprensa conforme o avanço das investigações da perícia. Ele ressaltou que os atos realizados, neste domingo (8), obtiveram grande interesse internacional. Pimenta, lamentou que as imagens vistas passaram a ser manchetes no mundo inteiro e contrastou o episódio deste domingo no Brasil com o episódio do capitólio nos Estados Unidos.

– (…) O que nós vimos lá foi uma tentativa de invasão à sede do Poder Legislativo. Aqui, nós assistimos a invasão da sede dos Três Poderes, do Judiciário, Executivo… seria como a invasão à Casa Branca, nos Estados Unidos. O ato terrorista ganhou uma dimensão internacional pelo seu significado e pelo momento que vive o país – afirmou.

Ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom) do Governo Federal, Paulo Pimenta Foto: Lula Marques/AGPT

O presidente Lula fará, nesta segunda, uma reunião de emergência com os 27 governadores de estados e do Distrito Federal a partir das 18h.

Leia também1 Confira a lista dos senadores que assinaram a "CPI dos atos"
2 Após atos em Brasília, China manifesta apoio a Lula
3 Jair Bolsonaro sente dores e é internado em hospital nos EUA
4 Aliança Evangélica emite nota de repúdio aos ataques no DF
5 Empresa dona do Facebook vai bloquear posts pró-invasão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.