Leia também:
X Bolsonaro apresentará relatório sobre o BNDES nesta 5ª feira

Salles sobre pesquisa eleitoral: “A suposta vantagem já caiu”

Ex-ministro se manifestou por meio das redes sociais

Pleno.News - 27/01/2022 13h38 | atualizado em 27/01/2022 14h54

Ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles Foto: PR/Carolina Antunes

O ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, usou as redes sociais na quarta-feira (26) para falar avaliar uma pesquisa eleitoral recente. Na publicação, ele deu destaque aos números que apontam queda em uma suposta vantagem de Luiz Inácio Lula da Silva contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).

– O gato, ops, quer dizer, o molusco subiu no telhado. Suposta vantagem do barba para JB já caiu para 5,5%, talkey ?!? Mais 15 dias já vão dizer que empata e depois… “tchau querida” – escreveu Salles.

Uma pesquisa eleitoral divulgada nesta quarta-feira, realizada pelo Instituto Futura em parceria com o banco ModalMais, apontou que Lula possui 33,7% das intenções de voto contra 31,4% de Bolsonaro.

O levantamento foi realizado por telefone com 2 mil pessoas, entre os dias 17 e 21 de janeiro. O nível de confiança é de 95%, enquanto a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-08869/2022.

O mesmo levantamento apontou que, na pesquisa estimulada (quando são apresentados os nomes dos candidatos), Lula aparece com 36,9% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 31,4%. Em terceiro lugar, aparece Sergio Moro, com 8,5%; e, em quarto, está Ciro Gomes, com 5,6% das intenções de voto.

A pesquisa completa pode ser vista aqui.

 

Leia também1 Bolsonaro anuncia ida à Rússia e diz que Putin é “conservador”
2 Eleições: TSE irá coibir disparos em massa no WhatsApp
3 TSE define tempo que cada sigla terá para propaganda partidária
4 Em mensagem a Bolsonaro, papa lamenta morte de Dona Olinda
5 Lideranças do MBL seguem Moro e se filiam ao Podemos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.