Leia também:
X TCU investiga documentos de acordo homologado por Moro

Salles chama Moro de Pato Quack: “Se cercou de militantes”

Ex-ministro comentou carta aos cristãos divulgada pelo presidenciável

Pierre Borges - 08/02/2022 12h04 | atualizado em 08/02/2022 12h10

Ricardo Salles e Sergio Moro
Ex-ministros Ricardo Salles e Sergio Moro Fotos: PR/Marcos Corrêa

O ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles criticou nesta terça-feira (8) o ex-juiz Sergio Moro, que divulgou nesta segunda (7) uma carta se comprometendo com princípios cristãos.

Por meio das redes sociais, Salles disse que “não adianta agora fazer cartinha” e chamou Moro de “Pato Quack”, afirmando que o pré-candidato à Presidência “se cercou de militantes pró-drogas, anti-armas, pró-aborto e um monte de esquerdinhas disfarçados ou camuflados de técnicos, mas que tentaram a todo momento subverter a orientação conservadora do governo”.

Um dos nomes cotados para ser vice na chapa do ex-juiz é o do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que já se mostrou aberto à proposta. A carta divulgada por Moro elencava 14 pontos em que o presidenciável se compromete com a comunidade cristã brasileira.

Leia também1 TCU investiga documentos de acordo homologado por Moro
2 Maíra Cardi diz que tem playlist gospel para fazer amor
3 No Ceará, cantora é presa por importunação sexual
4 Prefeito vegano de Nova Iorque admite que come peixe
5 Bolsonaro fala sobre reunião "relâmpago" com ministros

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.