Leia também:
X Bolsonaro se pronuncia sobre morte de Lázaro: CPF cancelado!

Saiba o que são as pastas usadas pela segurança de Bolsonaro

Item é fabricado em tecido kevlar e é resistente a disparos de armas curtas

Paulo Moura - 28/06/2021 12h23 | atualizado em 28/06/2021 13h15

Durante as recentes “motociatas” das quais o presidente Jair Bolsonaro participou em cidades como Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Chapecó, um item chamou bastante atenção nas fotos em que o líder aparece próximo ao público: pastas pretas, que são mantidas como escudo na frente do chefe do Executivo por seus seguranças.

O que aparenta ser apenas uma pasta comum, feita de couro é na verdade uma pasta-escudo fabricada em tecido kevlar (aramida), resistente a disparos de armas curtas. O material é o mesmo utilizado para a confecção de diversos modelos de coletes balísticos.

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) já possuía a pasta protetora antes de Bolsonaro assumir, mas ela era usada apenas em áreas de risco e ficava guardada no porta-malas dos carros da “cápsula presidencial”, nome técnico dado aos cinco automóveis idênticos do comboio do chefe do Executivo, para dissimular em qual ele viaja.

Ao contrário de outros presidentes, Bolsonaro é frequentemente visto em público com as pastas ao seu redor. Durante a participação do mandatário nas motociatas do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Chapecó, por exemplo, ele aparece em diversas fotos com o item de proteção.

Além da pasta, o presidente é acompanhado com frequência por um caminhão autobomba tanque (ABT), que se desloca a alguns locais onde Bolsonaro vai. Em Brasília, o GSI instalou tendas com homens armados, mais blocos de concreto e material perfurante nas vias de acesso às residências oficiais.

Leia também1 Ibaneis Rocha defende atuação de policiais após morte de Lázaro
2 Repórter da Globo faz 'dancinha' após prisão de Lázaro e aparece na Record
3 Gás de cozinha sobe 4,3% em 1 mês e chega a custar R$ 130,00
4 Senadores pedem prorrogação da CPI da Covid em 90 dias
5 "Não tem como evitar", afirma Comitê Olímpico sobre Covid-19

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.