Leia também:
X Randolfe denunciará Bolsonaro em Haia por ‘genocídio’ de índios

Roma é exonerado e deve voltar à Câmara para propor emendas

Onyx Lorenzoni também se licenciou do cargo para tratar do Orçamento de 2022

Pleno.News - 16/11/2021 10h40 | atualizado em 16/11/2021 17h31

joão roma
Ministro da Cidadania, João Roma Foto: Câmara dos Deputados / Reila Maria

O Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (16) publica a exoneração “a pedido” de João Roma do cargo de ministro da Cidadania. Roma tem mandato de deputado federal pelo Republicanos da Bahia e deve voltar à Câmara Federal para apresentar emendas ao Orçamento de 2022.

Na semana passada, Onyx Lorenzoni, que também tem mandato de deputado pelo DEM gaúcho, licenciou-se do cargo de ministro do Trabalho e Previdência para propor emendas individuais ao orçamento do ano que vem.

Depois dessa passagem pela Câmara, os dois deputados devem retornar à chefia dos seus respectivos ministérios no governo de Jair Bolsonaro.

No caso de Onyx, a assessoria do ministério afirmou que ele deve retornar ao cargo de ministro em até dez dias, contados do último dia 11.

*AE

Leia também1 Randolfe denunciará Bolsonaro em Haia por 'genocídio' de índios
2 Presidente Bolsonaro inaugura embaixada do Brasil no Bahrein
3 Frota quer demissão por justa causa para quem recusar vacina
4 Com Renzo, Bolsonaro marca presença no Mundial de Jiu-jítsu
5 Moro rebate Gleisi: 'Petrobras foi saqueada durante governo do PT'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.