Leia também:
X Autor de atentado a creche é indiciado por cinco homicídios

Rodrigo Maia pede desfiliação do DEM sem perda de mandato

Ex-presidente da Câmara está no partido desde 2007

Monique Mello - 14/05/2021 14h33 | atualizado em 14/05/2021 15h40

Deputado Rodrigo Maia
Deputado Rodrigo Maia pede desfiliação do partido Democratas Foto: Alex Ferreira

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia enviou nesta sexta-feira (14) ao presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, um pedido de desfiliação do partido Democratas, no qual está desde 2007.

Maia quer deixar o partido, mas sem perder o mandato de deputado federal conquistado em 2018. Por isso, trata-se de uma “ação declaratória de justa causa de desfiliação”.

O deputado já presidiu o DEM entre 2007 e 2011. No início de 2021, durante o processo da sua sucessão à presidência da Câmara, o parlamentar bateu de frente com o atual comandante da legenda, ACM Neto. A partir desse momento, a saída de Maia do DEM passou a ser iminente.

Ainda não há informações sobre o novo partido de Rodrigo Maia, mas especula-se que ele deve filiar-se ao PSD.

 

Leia também1 Sara Winter foi presa e está acorrentada, diz assessoria
2 Autor de atentado a creche é indiciado por cinco homicídios
3 PF anuncia novos chefes em oito estados e Distrito Federal
4 Veja a vida pregressa dos "Supremos": Luís Barroso
5 Bolsonaro sobre Lula: 'Querem votar nesse filho do capeta'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.