Leia também:
X Postos de saúde de SP abrem no feriado para vacinação

Rodrigo Janot declara que não irá concorrer a presidente

Ex-procurador-geral fez a declaração em uma de suas primeiras postagens no Twitter

Camille Dornelles - 03/11/2017 11h18 | atualizado em 03/11/2017 12h35

Rodrigo Janot diz que não vai se candidatar em 2018 Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ex-procurador-geral Rodrigo Janot, que agora ocupa o cargo de subprocurador, declarou em seu Twitter que não irá se candidatar nem à Presidência da República nem a outro cargo em 2018. A afirmação veio logo após criar a conta na rede social.

– Este é o meu perfil “oficial”. Antes que perguntem, já respondo: não sou candidato a nenhum cargo eletivo. Sigo com a agenda anticorrupção – escreveu Janot em sua segunda postagem.

Na primeira, saudou o que chamou de “todas as tribos do Twitter” e disse que acompanhará a luta contra a corrupção no Brasil e na América Latina. As mensagens seguintes foram sobre reportagens a respeito de sua atuação durante o período na Procuradoria-Geral da República (PGR).

Durante sua passagem pela PGR, Janot denunciou Michel Temer, Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Collor, José Sarney e mais de 100 parlamentares e ministros.

Agora, como subprocurador-geral, o magistrado investiga desembargadores e governadores estaduais.

LEIA TAMBÉM
+ Senado aprova projeto de lei de aplicativos de transporte
+ ‘Esquece’, diz Eduardo Cunha sobre delação premiada
+ Gilmar Mendes decide manter Sérgio Cabral preso no Rio

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.