Leia também:
X Ministro do Supremo encerra ação contra Geraldo Alckmin

Rodrigo Constantino: “Bolsonaro não tem carta na manga”

Jornalista demonstrou desesperança no atual presidente

Monique Mello - 19/12/2022 17h06 | atualizado em 19/12/2022 17h25

Paulo Mathias e Rodrigo Constantino no 3 em 1 Foto: Reprodução/Jovem Pan News

O jornalista Rodrigo Constantino viralizou nas redes sociais neste fim de semana após demonstrar não ter esperanças de que o presidente Jair Bolsonaro (PL) tome algum tipo de atitude, como esperam os manifestantes que se concentram nas portas dos quartéis desde o dia 30 de outubro. As declarações do jornalista foram dadas na edição do programa 3 em 1 de sexta-feira (16), na Jovem Pan News.

A pauta em questão era sobre os caminhões de mudança que foram vistos tanto no Palácio do Alvorada, residência oficial do presidente da República, quanto no Palácio do Planalto. O âncora Paulo Mathias questionou se Constantino acha que o clima já é de “despedida”. Para Constantino, o silêncio de Bolsonaro traz os “mais esperançosos de volta à realidade”.

– A esperança é a última que morre, mas não há um xadrez 4D nem 96D sendo jogado. Existe um presidente que fez de tudo, que eu acho que merece o reconhecimento de sua luta contra os comunistas, contra os corruptos, contra o sistema podre, e ele não se mostrou à altura. A verdade é essa – respondeu.

– Muita gente vai discutir onde foi que ele errou e a pior coisa que existe é o cão que ladra, mas não morde – prosseguiu.

De acordo com Constantino, Bolsonaro não tem uma “carta na manga” como muitos supõem ou esperam, e que o clima de “tique-taque” é alimentado nas pessoas.

– Algumas pessoas foram alimentando a expectativa que ele tinha sempre uma carta na manga, alguma coisa que podia fazer, uma bala de prata para salvar a democracia aos 45 do segundo tempo e a imagem que a gente está tendo acesso é que isso parece cada vez mais e mais improvável. Tem muita gente querendo alimentar um clima de tique-taque, tique-taque, sempre que vai acontecer alguma coisa, um milagre – completou.

O jornalista finalizou dizendo que prefere seguir um provérbio chinês:

– Prepare-se para o pior. Espere o melhor, sempre. É mais saudável, mas receba o que vier.

Leia também1 Constantino e jornalista da Globo discutem em rede social
2 General Heleno vai ao Planalto e cumprimenta apoiadores
3 Futuro chefe da Defesa diz que Bolsonaro é "democrata" e "líder"
4 Paulo Guedes deixa a Granja do Torto e Lula deve se mudar
5 Comandantes desistem de entregar cargos antes da posse

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.