CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Celso de Mello compara Brasil à Alemanha de Hitler

RJ: Copacabana vira palco de manifestação contra Witzel

PM precisou intervir com bombas de gás para deter princípio de briga

Rafael Ramos - 31/05/2020 13h26

Populares fazem ato contra o governador Wilson Witzel Foto: Saulo Angelo / Futura Press / Estadão Conteúdo

Enquanto populares se uniram, neste domingo (31), a favor do presidente Jair Bolsonaro na capital federal, o cenário foi outro no Rio de Janeiro. Em Copacabana, na Zona Sul da cidade, várias pessoas vestidas de verde e amarelo protestaram contra o governador Wilson Witzel.

Alguns presentes inclusive carregavam uma faixa pedindo o impeachment do atual governador, que virou alvo de investigação da Polícia Federal juntamente com sua esposa, Helena Witzel. Os gastos de mais de R$ 800 milhões com os hospitais de campanha se tornaram um dos principais focos da operação, que foi parabenizada por Bolsonaro.

Manifestação tomou as ruas de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro Foto: Saulo Angelo / Futura Press / Estadão Conteúdo

Em determinado momento, houve um confronto entre apoiadores do presidente e um grupo trajado de roupas pretas que se autodenomina antifascista. A troca de xingamentos evoluiu para um início de briga que foi contido pela PM com bombas de gás.

Leia também1 Celso de Mello compara Brasil à Alemanha de Hitler
2 Apoiadores de Bolsonaro se unem em ato em Brasília
3 Com tochas, grupo 300 do Brasil faz ato contra o STF
4 RJ: Witzel planeja medidas de flexibilização do isolamento
5 Covid: EUA vão doar mais US$ 6 milhões para ajudar o Brasil

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo