Leia também:
X Lula sobre Moro réu: “Que tenha direito de defesa que eu não tive”

Ricardo Lewandowski é cotado para ministro da Justiça de Lula

Advogados próximos ao PT e dirigentes da sigla afirmam que magistrado só não assumirá cargo se não quiser

Thamirys Andrade - 24/05/2022 12h51 | atualizado em 24/05/2022 14h08

Lula e Ricardo Lewandowski Fotos: Antonio Cruz/Agência Brasil | Divulgação Lula/Ricardo Stuckert

Com aposentadoria marcada para maio de 2023, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, pode não encerrar de todo a sua carreira após pendurar a toga. Segundo advogados próximos ao Partido dos Trabalhadores e dirigentes da legenda ouvidos pelo colunista Guilherme Amado, do portal Metrópoles, o magistrado é cotado ao cargo de ministro da Justiça em um eventual governo Lula (PT) e só não assumirá o posto se não quiser.

A estratégia é que Lewandowski pudesse ajudar Lula em sua interação com o poder Judiciário, com quem o petista quer manter boas relações. Ainda que o ministro decline da ideia, as fontes afirmam que Lula o consultaria sobre a escolha de seu sucessor no Supremo.

Caberá ao próximo presidente indicar mais dois nomes ao STF, um para assumir a cadeira de Lewandowski e outro para suceder a ministra Rosa Weber, que deixa a Corte em outubro de 2023.

Vale lembrar que Lewandowski ingressou na Corte por indicação do ex-presidente Lula, em 2006. O petista teria tomado conhecimento do nome de Lewandowski por intermédio de Márcio Thomaz Bastos, ministro da Justiça na época. Além dele, outra relação teria ajudado a dar destaque ao seu nome, dentre outros 11 nomes: a primeira-dama. Marisa Silva era amiga da família Lewandowski e deu apoio à indicação. Pessoas próximas a Lula disseram que a amizade até havia ajudado, mas não fora decisiva. Lewandowski tomou posse como ministro do Supremo em 16 de março de 2006.

Leia também1 Saiba quais são os próximos ministros do STF a se aposentar
2 Moro vira réu em ação do PT que alega prejuízos na Petrobras
3 Presidente do Republicanos, de Tarcísio, sinaliza apoio a Datena
4 Eleição: Doria vira oitavo nome da terceira via a deixar disputa
5 Governo faz terceira troca na presidência da Petrobras

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.