Leia também:
X Bolsonaro: ‘Com Mendonça, Deus se fará mais presente no STF’

Ricardo Barros avisa que vai à Justiça contra a CPI da Covid

Deputado disse que sua relação com o colegiado será agora por meio de advogados

Henrique Gimenes - 19/08/2021 15h41 | atualizado em 19/08/2021 16h13

Deputado Ricardo Barros, líder do governo na Câmara Foto: Agência Senado/Jefferson Rudy

Nesta quinta-feira (19), o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara, afirmou que pretende acionar a Justiça contra a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid. De acordo com ele, o colegiado “extrapola, exagera e mente”.

O deputado teve seu nome citado pelo deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) como participante de negociações para a compra da vacina indiana Covaxin.

A declaração foi feita por Barros em um comentário dele sobre a notícia de que o colegiado pretende realizar uma “devassa” em 21 empresas ligadas ao parlamentar.

– A CPI não encontrará nenhuma ligação minha com a Precisa. Todas as pessoas ouvidas no caso Covaxin negaram minha participação. A CPI extrapola, exagera e mente, mas agora a condução da relação com a CPI é com meus advogados – escreveu Barros.

Leia também1 CPI quebra sigilo fiscal de Barros e de advogado de Bolsonaro
2 CPI aprova quebras de sigilos de donos de sites conservadores
3 Aziz perde a paciência na CPI: “Tudo agora é não me toque”
4 Justiça manda Eduardo deletar posts ligando Aziz à pedofilia
5 Senador revela: CPI tem 'medo' de convocar general Braga Netto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.