Leia também:
X PL de Frota prevê criação do ‘Dia Nacional Contra Gordofobia’

Reunião de Fachin e Moraes com Bolsonaro durou só 10 minutos

Ministros entregaram convites para posse no TSE ao chefe do Executivo

Paulo Moura - 07/02/2022 12h00 | atualizado em 08/02/2022 11h05

Ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes Foto: Carlos Moura/SCO/STF

O encontro realizado na manhã desta segunda-feira (7) entre os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o presidente Jair Bolsonaro durou pouco menos de 20 minutos. A reunião, que ocorreu no Palácio do Planalto, teria se estendido por aproximadamente 10 minutos.

Na ocasião, que estava na agenda presidencial, os ministros entregaram a Bolsonaro o convite para a posse deles no comando do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Fachin vai presidir o tribunal até agosto deste ano, quando será substituído por Moraes, que comandará a Corte eleitoral durante as eleições.

A relação de Bolsonaro com Moraes tem sido conflituosa nos últimos tempos, especialmente após o ministro determinar que Bolsonaro comparecesse pessoalmente à Polícia Federal, para prestar depoimento na investigação que apurava a divulgação, pelo presidente da República, de dados sobre uma investigação de um ataque virtual contra o TSE.

Além disso, o ministro também é relator do chamado inquérito das fake news, que investiga aliados do presidente por conta de uma suposta formação de uma rede que estaria disseminando informações falsas com o objetivo de enfraquecer a democracia e as instituições.

Leia também1 Apóstolo Miguel Ângelo fala sobre santificação em e-book
2 Cade apura possível cartel na venda de direitos de transmissão
3 Andressa Urach é transferida para hospital com UTI
4 Pesquisa diz que Lula 'herda' 21% dos votos de Bolsonaro de 2018

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.