Leia também:
X Multidão esperou ‘ressurreição’ de pastor diante da funerária

Renan decide incluir governador do Amazonas entre indiciados

Wilson Lima passa a ser o único governador a constar entre os indiciados

Monique Mello - 26/10/2021 12h36 | atualizado em 26/10/2021 13h40

Renan Calheiros em entrevista coletiva Foto: Agência Senado/Pedro França

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou que o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e o ex-secretário de Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo serão incluídos na lista de indicados da comissão.

– O governador e o secretário, eles foram enquadrados e indicados pela participação deles no episódio do Amazonas. Foi isso apenas – disse Calheiros, durante entrevista coletiva nesta terça-feira (26).

O episódio mencionado por Calheiros refere-se ao escândalo do Hospital de Campanha Nilton Lins, em Manaus (AM). No relatório, foram citadas as fraudes no serviço de lavanderia, na contratação de serviços médicos, no serviço de conservação e limpeza, entre outras; fraudes que resultaram na prisão do Secretário de Saúde Marcellus Campelo pela Polícia Federal.

No parecer de Calheiros protocolado nesta manhã, o relator havia solicitado que Wilson Lima fosse investigado, mas não incluiu o governador na lista de indiciados, como havia sido solicitado pelo senador Eduardo Braga (MDB-AL).

Wilson Lima já estava no relatório final da CPI, mas não como indiciado Foto: Diego Peres/Secom-AM/Reprodução

O relatório de Calheiros pede o envio do parecer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), ao Procurador-Geral da República (PGR) e à Polícia Federal (PF), para os órgãos investigarem os atos praticados pelo governador. O mesmo pedido foi feito ao Ministério Público, para apurar a conduta do ex-secretário de Saúde do Amazonas.

– Evidente, portanto, a falta de zelo e seriedade do governador Wilson Lima e do secretário de Saúde Marcellus Campêlo com a coisa pública, comportamento esse que resultou na morte de milhares de pessoas no estado do Amazonas – diz o relatório.

Wilson Lima passa a ser o único governador a constar entre os indiciados pela CPI da Covid. Ele também foi o único gestor a ser convocado para depor na comissão, mas conseguiu mandado de segurança junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para não comparecer à Casa.

 

Leia também1 CPI aprova pedido de banimento de Bolsonaro das redes sociais
2 Veja a íntegra do relatório final e definitivo da CPI da Covid
3 Lei de Improbidade: Presidente Bolsonaro oficializa alterações
4 Conheça Alexandre Cordeiro, cotado como opção a Mendonça
5 CPI: Saiba quais são os novos dez nomes incluídos no relatório

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.