Leia também:
X São Paulo confirma o segundo caso de varíola dos macacos

“Rebater matérias enviesadas não é atacar a imprensa”

Nas redes sociais, presidente disse que "qualquer cidadão brasileiro" deve ser livre para se expressar

Henrique Gimenes - 11/06/2022 18h30 | atualizado em 13/06/2022 12h21

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Marcos Corrêa/PR

Neste sábado (11), o presidente Jair Bolsonaro utilizou as redes sociais para esclarecer que “rebater matérias enviesadas não é atacar a imprensa, é se defender”. Para ele, alguns jornalistas “mentem, inventam e distorcem informações”.

– Rebater matérias enviesadas não é atacar a imprensa, é se defender. Atacá-la é controlar, prender e censurar como uns fazem e outros desejam. Se crítica for ataque, alguns jornalistas fazem pior, pois mentem, inventam e distorcem informações para manipular e enganar as pessoas – apontou.

Bolsonaro afirmou que os cidadãos também deve ser livres para se expressarem.

– A imprensa é livre para se expressar, assim como qualquer cidadão brasileiro também deve ser. Nós defendemos isso! Vivemos em uma democracia. Ninguém está acima de ninguém. Não existe meia liberdade. Ou ela existe, ou ela não existe. Boa tarde a todos! – ressaltou.

Leia também1 Em discurso nos EUA, Bolsonaro fala da economia do Brasil
2 "Ficamos honrados em receber Bolsonaro", diz André Valadão
3 Em discurso nos EUA, Bolsonaro volta a defender a liberdade
4 Nos EUA, Bolsonaro não descarta encontrar Allan dos Santos
5 TSE emite nova resposta a ofício do Ministério da Defesa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.