Leia também:
X PRE-PR arquiva pedido para tornar Deltan inelegível

Randolfe “apoia” sugestão de Bolsonaro por CPI da Petrobras

Senador disse "entender de CPI" e afirmou que vai ser o primeiro a propor uma comissão do tipo

Pleno.News - 17/06/2022 19h36 | atualizado em 17/06/2022 19h43

Senador Randolfe Rodrigues Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Nesta sexta-feira (17), após o presidente Jair Bolsonaro falar em criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) decidiu tentar “tirar proveito” da ideia. Em sua conta do Twitter, o parlamentar disse entender de CPI e propôs um roteiro de trabalho da comissão “culpando” o presidente.

A ideia de uma CPI foi proposta por Bolsonaro após a Petrobras reajustar os preços dos combustíveis. O valor da gasolina vendido às distribuidoras subirá 5,18%, indo de R$ 3,86 para R$ 4,06 por litro. Já o diesel aumentou 14,26%, passando de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro. Os novos valores passarão a valer a partir deste sábado (18).

Durante entrevista à rádio 96 FM, do Rio Grande do Norte, o presidente chamou o aumento de “traição com o povo brasileiro” e afirmou que comissão iria investigar “o presidente da Petrobras, os seus diretores e também o conselho administrativo e fiscal”.

Para Randolfe, no entanto, uma investigação iria mostrar que a “responsabilidade é do próprio Bolsonaro”.

– De CPI eu entendo. Sou o primeiro a propor! Em um breve roteiro já podemos: investigar a Petrobras, que integra o governo, depois investigar os presidentes da Petrobras, que Bolsonaro mesmo nomeou, e vamos chegar a resposta que… A responsabilidade é do próprio Bolsonaro! – apontou.

Leia também1 Jair Bolsonaro propõe CPI da Petrobras: “Traição com o povo”
2 Pacheco: "O governo deve dividir o lucro da Petrobras com o povo"
3 Lula critica ideia de "limitar" ICMS para reduzir combustíveis
4 Ciro critica reajuste da Petrobras e chama Bolsonaro de banana
5 Arthur Lira cobra renúncia de presidente da Petrobras

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.