Leia também:
X Roger ironiza Folha no Twitter: “São 4 Lulas pra 16 Bolsonaros”

“Queremos acordos no Mercosul e Argentina diz que não”

Guedes participou hoje da Comissão Temporária do Senado que acompanha a pandemia

Pleno.News - 25/06/2021 15h13

Ministro da Economia, Paulo Guedes Foto: PR/Anderson Riedel

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta sexta-feira (25), que há problemas no Mercosul e que o Brasil defende dentro do bloco o acerto de acordos comerciais com outros países e blocos, mas que a Argentina sempre diz não.

O ministro fez esta declaração a ser instado pela senadora Katia Abreu (PP-TO), atual presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) do Senado, a não deixar que os avanços em relação ao acordo entre o Mercosul e a Comunidade Europeia não se percam.

Guedes participou hoje da Comissão Temporária do Senado que acompanha a pandemia.

Ainda de acordo com o ministro sobre o acordo entre Mercosul e UE, “nos botaram de castigo por problema ambiental ou protecionismo”.

Guedes disse ainda que a Argentina assinou carta com os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em que afirmava que o Brasil ameaça o Mercosul. “É o contrário”, disse Guedes.

– Teremos problema porque a Argentina exige poder de veto e o Brasil não pode parar. Teremos problemas no Mercosul já. Não vamos sair do Mercosul, mas não estaremos em um bloco movido a ideologia”, advertiu o ministro.

Ele acrescentou que o Brasil não vai aceitar ser vetado em acordos que interessam a milhões de brasileiros.

– Teremos um problema sério no Mercosul pela frente, já vou avisando. Ou modernizamos o Mercosul ou teremos um problema. Os ministros do Uruguai e Paraguai estão conosco – reforçou Guedes.

*AE

Leia também1 Presidente Bolsonaro: 'Não acredito em pesquisa eleitoral'
2 Jair Bolsonaro comenta saída de Salles: 'Não é fácil ser ministro'
3 Mourão sobre caso Covaxin: 'Essa montanha vai parir um rato'
4 Defesa de Daniel Silveira paga fiança de R$ 100 mil
5 Supremo determina apreensão do passaporte de Ricardo Salles

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.