Leia também:
X Polícia guincha “carrinho de brinquedo” de menina de 7 anos

“Querem politizar uma tentativa de homicídio”, diz Bolsonaro

Presidente concedeu uma entrevista coletiva nesta quarta-feira

Pleno.News - 05/01/2022 11h00 | atualizado em 05/01/2022 11h24

Declaração do Presidente da República, Jair Bolsonaro Foto: Reprodução/YouTube/Planalto

Ao lado do médico-cirurgião Antônio Luiz Macedo, o presidente Jair Bolsonaro concedeu nesta quarta-feira (5) uma entrevista coletiva no hospital Vila Nova Star, em São Paulo.

O presidente, que já teve alta hospitalar, agradeceu pela atenção de Macedo. Ele destacou que o médico abandonou suas férias nas Bahamas voluntariamente. As informações são do site O Antagonista.

– O Dr. Macedo estava de férias e veio espontaneamente me atender, fato que me deixa bastante emocionado e cada vez mais grato ao seu trabalho, ao seu profissionalismo para com o paciente dele. Esse é o carinho que ele tem com todos os pacientes – falou.

O chefe do Executivo foi internado na madrugada da última segunda-feira (3) com uma suboclusão intestinal, que foi corrigida sem a necessidade de cirurgia.

Ainda durante a coletiva, Bolsonaro falou sobre o atentado que sofreu em 2018.

– É uma agressão ao Dr. Macedo. É agressão aos médicos de Juiz de Fora. Querem politizar uma tentativa de homicídio. As imagens mostram, em Juiz de Fora, a faca entrando e tem o brilho dela inclusive quando sai. A faca passou há poucos milímetros da aorta – disse ele ao rebater uma pergunta da Folha de S. Paulo.

Bolsonaro frisou que não está usando seu estado de saúde para fins políticos. Ele também negou que esteja se vitimizando.

– Querer me acusar de politização, dizer que eu estou me vitimizando, está de brincadeira comigo! Dr. Macedo tem sua honra, e eu tenho a minha – declarou.

Leia também1 Bolsonaro sanciona mudança no Plano de Auxílio e RRF estadual
2 Presidente Bolsonaro recebe alta após ficar dois dias internado
3 Ana: "Se Adélio fosse um lobo solitário, existiria tanto sigilo?"
4 Delegado da PF que já investigou o PCC vai apurar facada
5 Médico de Jair Bolsonaro não descarta novas obstruções

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.