Leia também:
X Vídeo mostra Ludhmila Hajjar cantando ‘Amor, I Love You’ para Dilma

Queiroga: “Política de saúde não é do ministro, é do governo”

Novo ministro afirmou que o presidente Jair Bolsonaro está preocupado com a situação da pandemia no país e está trabalhando para resolver a situação

Paulo Moura - 16/03/2021 11h34 | atualizado em 16/03/2021 11h54

Novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga Foto: Divulgação/AMB

Indicado para o Ministério da Saúde, o atual presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga, afirmou nesta terça-feira (16) que dará continuidade ao trabalho do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e garantiu que a política de enfrentamento à Covid-19 no país “é do governo Bolsonaro, e não do ministro da Saúde”.

– O ministro Pazuello tem trabalhado arduamente para melhorar as condições sanitárias do Brasil e fui convocado pelo presidente Bolsonaro para dar continuidade a este trabalho, para conseguirmos vencer esta crise na saúde pública – afirmou o médico na chegada à reunião com a cúpula do Ministério da Saúde para discutir a transição do comando da pasta.

Queiroga reforçou também a necessidade de união nacional e de desenvolvimento de um plano para o combate à Covid-19. Segundo ele, sua nomeação depende de publicação em Diário Oficial da União (DOU) e de determinações do presidente Jair Bolsonaro, o qual “está muito preocupado com a situação da pandemia no país”.

– O presidente está muito preocupado com a situação [do país na pandemia], pensa nisso diuturnamente. O governo está trabalhando. Políticas públicas estão sendo colocadas em prática. [Ele] Já anunciou cronograma de vacinação – completou Queiroga.

*Estadão

Leia também1 "Lockdown não pode ser política de governo", diz novo ministro
2 Saiba quem é Marcelo Queiroga, novo ministro da Saúde
3 Bolsonaro anuncia Queiroga como novo ministro da Saúde
4 Vacinados contra Covid-19 no Brasil chegam a 10 milhões
5 Marcelo Queiroga será o novo ministro da Saúde de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.