Leia também:
X Pressionado, Doria diminui restrições ao comércio e ao lazer

PTB apresenta impeachment de Alexandre de Moraes ao Senado

O partido aponta que o ministro do STF exerceu "atividade político-partidária"

Henrique Gimenes - 03/02/2021 14h37 | atualizado em 03/02/2021 15h22

Ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal Foto: STF/Rosinei Coutinho

Nesta terça-feira (2), o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) decidiu apresentar um pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Como justificativa, a sigla apontou que o ministro teria exercido “atividade político-partidária” e que teria tido “postura incompatível com a honra, [a] dignidade e [o] decoro de suas funções”.

O documento foi assinado pelo presidente nacional do partido, Roberto Jefferson, e pelo secretário jurídico, Luiz Gustavo Pereira da Cunha, e apresentado ao Senado.

O PTB afirma que Moraes exerceu atividade político-partidária durante um “jantar com os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara, Rodrigo Maia, representantes das Casas na época. O encontro foi amplamente noticiado pela imprensa em 24 de agosto de 2020”.

Além disso, a sigla também critica os inquéritos das “Fake News” e dos “Atos Antidemocráticos”, ao apontar que ambos foram abertos “com objetivo genérico e abrangente”.

Por fim, o PTB também lembrou que Alexandre de Moraes é o ministro com o maior “número de pedidos de impeachment nos últimos dois anos”, um total de “17 solicitações”.

Leia também1 Gilmar Mendes diz que "Lula é digno de um julgamento justo"
2 STF quer investigação sobre venda de dados de ministros
3 STF: MP do Rio recorre de decisão favorável a Flávio Bolsonaro
4 Dados de Bolsonaro e ministros do STF estão à venda na internet
5 Com 57 votos, Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.