Leia também:
X Patriota! Luciano Hang testa cesto verde e amarelo em lojas

PT vai à PGR contra Bolsonaro por ‘atacar’ presidente da OAB

Partido ainda não decidiu sobre qual crime irá denunciar o presidente

Henrique Gimenes - 29/07/2019 15h45 | atualizado em 29/07/2019 16h09

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Marcos Corrêa/PR

Após o presidente Jair Bolsonaro atacar o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, o Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu reagir. De acordo com o site Congresso em Foco, do portal Uol, a sigla pretende entrar com uma ação na Procuradoria-Geral da República contra o chefe do Executivo.

Mais cedo, o presidente havia questionado a atuação da OAB na investigação referente à facada que levou durante as eleições. Para ele, o órgão não agiu de forma correta ao impedir “que a Polícia Federal entrasse no telefone de um dos caríssimos advogados” de Adélio Bispo. Bolsonaro ainda falou sobre a família do presidente do órgão.

– Um dia, se o presidente da OAB quiser saber como é que o pai dele desapareceu no período militar, conto pra ele. Ele não vai querer ouvir a verdade. Conto pra ele. Não é minha versão. É que a minha vivência me fez chegar nas conclusões naquele momento. O pai dele integrou a Ação Popular, o grupo mais sanguinário e violento da guerrilha lá de Pernambuco e veio desaparecer no Rio de Janeiro – disse o presidente.

O pai de Felipe Santa Cruz era integrante de um grupo contrário ao governo militar. Fernando Santa Cruz fazia parte do Ação Popular e foi preso em 1974, desaparecendo pouco depois.

De acordo com o veículo, o líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS), afirmou que a sigla ainda vai decidir sobre qual crime irá denunciar Bolsonaro.

Leia também1 'Invasão de telefone é crime' diz Bolsonaro sobre Glenn
2 Bolsonaro perde a paciência e ataca presidente da OAB

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.