Leia também:
X Rio: Paes diz que Bolsonaro tem direito a mudar lugar de evento

PT gastou mais de R$ 900 mil em impulsionamento de conteúdo

Sigla conseguiu que alguns vídeos atingissem 4 ou 5 milhões de visualizações na plataforma

Gabriel Mansur - 26/08/2022 18h12 | atualizado em 26/08/2022 19h29

Lula no Piauí Foto: Ricardo Stuckert/ PT

Diante da popularidade virtual do presidente Jair Bolsonaro (PL) nas redes sociais, o PT adotou uma estratégia de impulsionamento no YouTube, nas primeiras semanas de campanha eleitoral, que objetiva atingir mais eleitores para a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República. Desde o dia 16 de agosto, primeiro dia de campanha oficial, a legenda já gastou R$ 900 mil da quantia de R$ 66 milhões dos fundos partidário e eleitoral.

Dessa forma, a sigla conseguiu que alguns vídeos atingissem 4 ou 5 milhões de visualizações na plataforma, número que vai ao encontro da média de 15 ou 20 mil visualizações de cada vídeo na página do ex-presidente. As informações são da revista Crusoé.

Recém-integrado à campanha de Lula, o ex-presidenciável e deputado federal André Janones (Avante), considerado um fenômeno nas redes sociais, ainda não está satisfeito com os resultados. Para ele, é importante também investir no Facebook. Janones acredita que a rede social é propícia para falar com um público diferente e que interage mais com as postagens.

Leia também1 Boca Rosa admite que perdeu seguidores após apoio a Lula
2 Moro quer direito de resposta na Globo à entrevista de Lula no JN
3 Moraes recua e libera campanha do governo sobre Independência
4 'Ordem absurda não se cumpre', diz Bolsonaro sobre Moraes
5 Bolsonaro: "Globo trata melhor aqueles dispostos a pagar mais"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.