Leia também:
X Bolsonaro: ‘Quase tudo que é público é levado à corrupção’

PSOL anuncia vaga para pessoa jurídica, mas apaga após críticas

Partido sempre foi contra esse modelo de contratação

Pierre Borges - 16/06/2021 12h51 | atualizado em 16/06/2021 15h36

Internautas apontaram a incoerência da vaga de emprego Foto: Divulgação

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) do Rio de Janeiro apagou das redes sociais um anúncio de oferta de emprego. A vaga, com 20 horas de carga horária semanal, seria ocupada por pessoa jurídica ou Microempreendedor Individual (MEI).

O PSOL, um dos partidos mais críticos a esse modelo de contratação, apagou a publicação após receber uma série de críticas de internautas que, logo, apontaram a incoerência. O argumento utilizado pela legenda é de que o modelo é prejudicial ao empregado e favorece apenas o empregador, chegando inclusive a defender que a pauta deveria ser “central na agenda da esquerda”.

A vaga divulgada era em formato homeoffice para o início do mês que vem, com remuneração de R$ 2,5 mil mensais.

PSOL apaga anúncio de contratação por pessoa jurídica
Anúncio da vaga foi apagado Foto: Reprodução

Leia também1 Eduardo Girão compara CPI à "Escolinha do Prof. Raimundo"
2 Butantan detecta 19 variantes do coronavírus no estado de SP
3 Jogador da Áustria é suspenso por gesto "supremacista"
4 Atentado em quartel do Exército da Colômbia deixa 36 feridos
5 Lula avalia participar de atos contra Bolsonaro no sábado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.