CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Cantor gospel baleado na cabeça apresenta melhora

PSL aciona Conselho de Ética contra Glauber Braga, do PSOL

Parlamentar se referiu ao ministro da Justiça, Sergio Moro, como "juiz ladrão"

Henrique Gimenes - 11/07/2019 17h27 | atualizado em 11/07/2019 18h12

Deputado Glauber Braga Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O PSL entrou com um representação no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados contra Glauber Braga (PSOL-RJ). A medida ocorre porque o parlamentar se referiu ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, como “juiz ladrão”. A informação foi dada pelo site O Antagonista.

A ofensa aconteceu durante audiência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no dia 2. Moro estava no local para falar de supostos diálogos vazados quando foi ofendido pelo parlamentar do PSOL. A confusão acabou encerrando a sessão.

O documento é assinado pelo presidente do PSL, Luciano Bivar, e pede que seja analisa uma quebra de decoro parlamentar por parte de Glauber.

As conversas foram reveladas inicialmente pelo site The Intercept Brasil e trazem Moro discutido casos, como o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o procurador Deltan Dallagnol.

Na audiência, o deputado do PSOL disse que “a história não absolverá” Moro e que ele será recordado como “o juiz que se corrompeu, como um juiz ladrão”.

A representação pode ser vista aqui.

Leia também1 Calheiros parabeniza Glenn por "combate à corrupção"
2 Glenn diz que não irá entregar vazamentos às autoridades

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo