Leia também:
X Aliados de Bolsonaro, Pacheco e Lira têm mais apoio declarado

PSDB recua e decide ficar no bloco de apoio a Baleia Rossi

Quadro não deve mudar muito, mesmo com a decisão dos tucanos, já que a votação é secreta

Paulo Moura - 01/02/2021 14h20 | atualizado em 01/02/2021 14h58

Baleia Rossi volta a receber apoio do PSDB, mas o quadro não deve mudar muito Foto: Agência Câmara/Luis Macedo

Após informar a seus parlamentares que eles estavam liberados para votar em quaisquer dos candidatos na eleição para presidente da Câmara dos Deputados, o PSDB recuou e anunciou nesta segunda-feira (1°) que vai se manter na base de apoio à candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP).

Segundo o portal Poder 360, a cúpula do PSDB temia que, com a saída do DEM, a imagem do partido ficasse associada à do PT e do PC do B, que apoiam o emedebista, mas a avaliação do partido teria mudado na manhã desta segunda, após uma forte influência de nomes como o do governador de São Paulo, João Doria, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Apesar da mudança formal, a decisão deve ter pouco impacto na eleição desta segunda. O motivo é o apoio de um grande número de deputados tucanos ao nome de Arthur Lira (PP-AL), fato que não deve mudar, já que, como o voto é secreto, os parlamentares têm autonomia para votar nos candidatos em que desejarem.

O início da sessão está agendado para 19h. A eleição é presencial, secreta e feita em urna eletrônica. As cabines de votação foram instaladas no Salão Verde da Casa, na última segunda-feira (25).

Leia também1 Aliados de Bolsonaro, Pacheco e Lira têm mais apoio declarado
2 PSDB também decide abandonar Baleia e adotar "neutralidade"
3 Flávio Bolsonaro critica Maia: 'Democrata que não sabe perder’
4 Bolsonaro manda recado a Maia: 'Seja feliz... tudo acaba um dia'
5 Rodrigo Maia decide sair do DEM após eleição da Câmara, diz CNN

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.