Leia também:
X Joice traz pedido de urgência para projeto defendido por Lira

Projeto quer obrigar motorista alcoolizado a pagar pensão

Pensão seria destinada a vítimas de acidentes graves

Pleno.News - 31/05/2022 17h39 | atualizado em 31/05/2022 19h58

Plenário do Senado Federal Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O Congresso vai analisar um projeto de lei para obrigar motoristas que dirigirem alcoolizados a pagarem pensão alimentícia a vítimas ou a seus filhos em caso de acidentes graves.

A proposta foi apresentada nesta terça-feira (31), pelo senador Fabiano Contarato (PT-ES) e prevê o pagamento quando houver mortes ou se a vítima ficar com sequelas graves. A ideia é que o valor seja definido na Justiça de acordo com as especificidades de cada caso.

O parlamentar sugere que, se a vítima tiver filhos menores de idade, o pagamento dure até os 21 anos ou até os 24 anos para estudantes universitários. Outro ponto incluído no projeto é que a dívida não é extinta se o motorista morrer e deve ser assumida por seus herdeiros.

– O número de óbitos em crimes de trânsito é alarmante. Infelizmente, só quando a consequência de seus atos dói no próprio bolso é que as pessoas irresponsáveis abandonam toda uma cultura de atos irresponsáveis que podem custar a vida de um semelhante. A indenização por meio de pensão é uma necessidade de rigor punitivo para aperfeiçoar o Código de Trânsito Brasileiro, que tem sido enfraquecido nos últimos anos – afirma Contarato.

Em julgamento recente, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter a punição para motoristas que se recusam a fazer o teste do bafômetro e a proibição para a venda de bebidas alcoólicas nas rodovias federais.

*AE

Leia também1 Joice traz pedido de urgência para projeto defendido por Lira
2 Sistema de votação continua “íntegro e seguro”, diz TSE
3 Pacheco afirma que irá pautar projeto sobre o ICMS no Senado
4 "Quem governa o Brasil é o Senhor Jesus", declara Michelle
5 Aliados de Lula desconfiam e desdenham de Randolfe

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.