Leia também:
X Sóstenes Cavalcante manda Felipe Neto “sair do armário”

Procurador pede licença após chamar salário de ‘miserê’

Leonardo Azeredo dos Santos apresentou atestado médico para o Ministério Público

Ana Luiza Menezes - 11/09/2019 17h06

Procurador de Minas Gerais reclamou do valor do salário Foto: Reprodução/Record TV

O procurador Leonardo Azeredo dos Santos ficará afastado do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG). Ele apresentou um atestado de licença-médica.

A informação sobre o afastamento de Leonardo foi confirmada pelo procurador-geral de Justiça do estado, Antônio Sérgio Tonet, durante uma entrevista à Rádio CBN.

Santos ficou conhecido após ter afirmado que seu salário, de R$ 24 mil, é um “miserê”. Sua reclamação, contra o valor mensal recebido, foi dada em agosto, em um debate realizado na Câmara dos Procuradores, sobre o orçamento do Ministério Público para o próximo ano. O áudio da reunião foi gravado e disponibilizado no site do MP.

Apesar de a licença do procurador ter sido confirmada, o motivo não foi divulgado. Também não foi informado por quanto tempo ele ficará ausente.

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.