Leia também:
X Após reclamar, namorada de Lula ganha “selo azul” no Twitter

Primeira vacinada do Brasil será candidata a deputada pelo MDB

A informação foi confirmada pelo presidente estadual do partido, Baleia Rossi

Pierre Borges - 05/01/2022 16h08 | atualizado em 05/01/2022 17h55

Governador de São Paulo, João Doria e Mônica Calazans
O governador de São Paulo, João Doria, e a enfermeira Mônica Calazans Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo

A enfermeira Mônica Calazans, primeira pessoa a receber uma vacina contra a Covid-19 no Brasil, poderá se candidatar ao cargo de deputada federal. A enfermeira se filiou ao MDB, mas alegou não poder dar detalhes sobre o seu futuro político.

No dia 17 de janeiro de 2021, a enfermeira de 55 anos tornou-se a primeira pessoa a se vacinar contra a Covid-19 no Brasil, fora dos testes clínicos. Ao lado do governador de São Paulo, João Doria, Mônica recebeu a primeira dose da CoronaVac.

De acordo com as informações da coluna Painel, da Folha, Mônica disse que “não vai dar spoiler” (expressão usada para contar o final de um filme ou história) sobre os próximos passos que dará no MDB. Mas, ao G1, o presidente do diretório estadual do partido, deputado federal Baleia Rossi, confirmou que a aposta é no cargo de deputada.

– Como profissional de saúde que ficou na linha de frente da pandemia no atendimento à população, ela é uma aposta do partido para renovação na Câmara dos Deputados. É uma excelente profissional – afirmou.

Leia também1 Professora de Biologia é presa após vacinar aluno em casa
2 Papa Francisco faz discurso no Vaticano em defesa da adoção
3 Após reclamar, namorada de Lula ganha "selo azul" no Twitter
4 "É maldoso dizer que eu estava de férias", diz Bolsonaro
5 Bolsonaro revela que camarão não mastigado causou obstrução

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.