Leia também:
X Menina que amputou uma das pernas respira com aparelhos

Presidente Jair Bolsonaro batiza novos caças F-39 Gripen da FAB

Cerimônia realizada no Rio de Janeiro marcou também o Dia da Aviação de Caça

Paulo Moura - 22/04/2022 12h54 | atualizado em 22/04/2022 13h00

Presidente Jair Bolsonaro realiza batismo dos caças F-39 Gripen Foto: Reprodução/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã desta sexta-feira (22), da cerimônia que marcou o Dia da Aviação de Caça, no Rio de Janeiro. Na ocasião, o líder também fez o batismo operacional de dois caças F-39 Gripen, aeronaves recém-chegadas ao Brasil que foram incorporadas à Força Aérea Brasileira (FAB).

Na cerimônia, o presidente estourou e derramou uma garrafa de champanhe no bico dos aviões, marcando o início da integração das aeronaves à aviação de caça brasileira. Na sequência, o chefe do Executivo deu um gole na bebida. Não houve discurso de Bolsonaro durante o evento.

Também participaram do batismo das aeronaves o ministro da Defesa, Paulo Sérgio, o comandante da Aeronáutica, tenente brigadeiro do ar Carlos de Almeida Baptista Junior, e membros do alto comando da Aeronáutica. Houve ainda exibições de voo de formação com as aeronaves F-39 Gripen, F-5 Tiger e A-29 Super Tucano.

Durante a solenidade, ocorreu ainda a imposição da medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura, que foi entregue a militares do Comando da Aeronáutica que exerceram ou exercem o cargo de comandante de Unidade Aérea e aos veteranos do Primeiro Grupo de Aviação de Caça.

Leia também1 Em 2018, Moraes defendeu indulto de Temer que beneficiou condenados por corrupção
2 CNN decide cancelar serviço de streaming um mês após lançá-lo
3 Cantora Aline Borel é achada morta com marcas de tiros
4 Constantino aplaude decisão de Bolsonaro: "Cabra macho"
5 Criança leva currículo e garante vaga nos Bombeiros para 2034

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.