Leia também:
X Após polêmica, Marcos do Val anuncia renúncia, mas recua

Presidente da EBC acredita que o impeachment de Dilma foi golpe

"Se depender de mim, vai continuar falando que foi golpe", afirmou Hélio Doyle

Pleno.News - 02/02/2023 13h10

O jornalista Hélio Doyle presidente da EBC
O jornalista Hélio Doyle presidente da EBC Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

Durante uma entrevista, Hélio Doyle, presidente da Empresa Brasil de Comunicações (EBC), afirmou que se depender dele, o impeachment de Dilma Roussef (PT) seguirá sendo chamado de “golpe”. A declaração foi feita nesta quarta-feira (1º), ao jornal Folha de S.Paulo.

– Se depender de mim, vai continuar falando que foi golpe. Gostem ou não gostem. Agora, a linha editorial da empresa, a gente tem que discutir melhor. Estou falando de caráter pessoal – disse Doyle.

Em janeiro de 2021, a companhia foi alvo de críticas por adotar o uso de linguagem neutra. A empresa decidiu publicar uma matéria com o título Parlamentares eleites reúnem-se pela primeira vez em Brasília.

A matéria foi sobre o objetivo do 1º Encontro de LGBT+eleites, que aconteceu em Brasília (DF), a respeito dos desafios da comunidade LGBTQIA+. O deputado federal Carlos Jordy (PL-RJ) e o jornalista e ex-presidente da Fundação Palmares, Sergio Camargo criticaram a escolha da empresa.

Ainda em entrevista concedida ao jornal Folha de S.Paulo nesta quarta, o dirigente da EBC afirmou que antigos diretores da companhia tiveram “um problema no jornalismo, uma falta de sensibilidade”. O presidente se referia aos atos do dia 8 de janeiro na Praça dos Três Poderes.

Hélio Doyle, chefe da EBC, foi anunciado como chefe da empresa pública no dia 26 de janeiro por Paulo Pimenta, ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.

Leia também1 Agência do governo adota linguagem neutra e é criticada
2 Expulso pelo papa, ex-padre vai ao STF para recuperar cargo
3 Abraço caloroso de Marcos do Val em Alcolumbre causa revolta
4 Após voto no Congresso, ministros de Lula são renomeados
5 Haddad e empresários negociam mudança relacionada ao Carf

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.