Leia também:
X Milton Ribeiro sobre ataque à Mackenzie: ‘Esquerda doentia’

Prefeitura de SP descarta punir quem escolhe vacina

Ricardo Nunes disse que "não pensa nisso"

Pierre Borges - 05/07/2021 13h46 | atualizado em 05/07/2021 13h53

Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes Foto: Câmara Municipal de São Paulo/Afonso Braga

Em meio a denúncias de pessoas que escolhem, pelo fabricante, que vacina contra a Covid-19 vão tomar na primeira dose, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), afirmou nesta segunda-feira (5) que não pretende tomar nenhuma medida contra cidadãos que tiverem tal atitude.

– A gente não pensa nisso. Não existe nenhuma estratégia de fazer qualquer tipo de punição ou mudança. Tem alguns casos de escolha de vacina, mas não são relevantes pelo tamanho da cidade. Até na região periférica, quase não temos nenhuma informação sobre esta questão. É só realmente a conscientização de que qualquer vacina salva vida – disse o prefeito.

Por meio de nota, porém, a Prefeitura da capital informou que todas as vacinas disponíveis são eficazes, seguras e aprovadas tanto pela pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) quanto pela OMS (Organização Mundial da Saúde). A Secretaria Municipal da Saúde também pediu para que a escolha do imunizante não seja feita, para não atrasar o calendário de vacinação.

Recentemente quatro municípios da grande São Paulo decidiram enviar para o fim da fila de vacinação aqueles que se recusarem a tomar o imunizante disponível na unidade de Saúde.

A cidade de Embu das Artes adotou como medida de punição o bloqueio do paciente que rejeitar a vacina disponível. Uma vez bloqueado, o reagendamento só poderá ser feito quando houver ampliação da faixa etária no plano de imunização.

Leia também1 Queiroga vacina Tarcísio, André Mendonça e Jorge Oliveira
2 Idosos acima de 80 anos podem agendar prova de vida em casa
3 Anvisa propõe que grávidas não tomem Janssen e AstraZeneca
4 Eduardo Paes rebate Bolsonaro e defende eficácia da Coronavac
5 Polícia apura relação de Lázaro com empresários e políticos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.