Leia também:
X STF nega pedido da defesa de Lula contra Sergio Moro

Prefeito de Manaus diz que “o Brasil precisa acordar”

Arthur Virgílio Neto teme que país seja boicotado pela comunidade internacional

Rafael Ramos - 24/08/2019 09h35

Arthur Virgílio Neto discursou no encerramento da Semana do Clima Foto: Reprodução

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, expressou sua preocupação com a situação da Floresta Amazônica durante a Semana do Clima, que acontece em Salvador, na Bahia. Nesta sexta-feira (23), ele falou sobre um desgaste diplomático que o país pode vir a enfrentar.

– Temos uma peculiaridade que precisa ser ressaltada. O mundo não está preocupado com quase nada, mas está preocupado com a Amazônia, com o que acontecer. O mundo não vai perdoar uma má governança da Amazônia. Várias pessoas estão se manifestando sobre o assunto. O Brasil corre o risco de ter boicote aos produtos e isso pode provocar um desgaste diplomático brutal para o Brasil no mundo inteiro. E recuperar isso vai levar muito tempo.

Virgílio ressaltou que os brasileiros têm obrigação em conhecer a Amazônia e criticou o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que disse não conhecer a região.

– Precisamos mitigar malefícios do aquecimento global e trabalhar pra valer a questão da Amazônia. Os governos são vesgos em relação à Amazônia. O Brasil precisa acordar e perceber que existe ali talvez a última fronteira de desenvolvimento econômico possível. Temos que torná-la uma grande enriquecedora do país pela biodiversidade. Não existe boa economia sem boas práticas ambientais – finalizou.

Leia também1 Bolsonaro tem 72h para tomar medidas sobre as queimadas
2 Bolsonaro comenta apoio dos EUA e destaca respeito mútuo
3 Bolsonaro diz ter "tolerância zero" com crimes ambientais

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.