Leia também:
X Propaganda eleitoral começa nesta terça-feira; veja as regras

Posse de Moraes terá Bolsonaro, Lula, Temer e Dilma Rousseff

Adversários políticos estarão na cerimônia do novo presidente do TSE

Paulo Moura - 16/08/2022 09h35 | atualizado em 16/08/2022 13h21

Presidente Jair Bolsonaro e ex-presidentes estarão na posse de Moraes Fotos: PR/Isac Nóbrega // Lula/Ricardo Stuckert // PR/Rogério Melo // EFE/Sáshenka Gutiérrez

A cerimônia de posse do ministro Alexandre de Moraes como novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve reunir diversos adversários políticos em um mesmo local na noite desta terça-feira (16), em Brasília. Entre os convidados com presença confirmada estão o presidente Jair Bolsonaro (PL) e os ex-presidentes Lula (PT), Michel Temer (MDB) e Dilma Rousseff (PT).

Moraes assumirá o lugar do ministro Edson Fachin e será o responsável por conduzir a Corte Eleitoral durante o pleito deste ano. O ministro Ricardo Lewandowski será o vice-presidente. Os dois, que também são integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF), foram eleitos para os cargos em 14 de junho e terão mandato de dois anos.

De acordo com o portal UOL, a expectativa é de que Lula e Bolsonaro não fiquem próximos um do outro. Enquanto Bolsonaro ocupará a mesa da autoridades, ao lado de Moraes e dos outros ministros do TSE, Lula ficará no Plenário, juntamente com os outros ex-presidente convidados, como José Sarney (MDB) e Fernando Collor (PTB).

No entanto, diferentemente de Bolsonaro e Lula, Dilma e Temer devem ser obrigados a sentar um próximo do outro. No mês passado, a petista chamou seu sucessor, de quem vinha se mantendo distanciada, de “golpista” e “traidor”. A fala foi uma resposta à entrevista de Temer ao UOL, na qual ele atribuiu o impeachment de Dilma a dificuldades de relacionamento com o Congresso.

Leia também1 Propaganda eleitoral começa nesta terça-feira; veja as regras
2 Justiça Eleitoral ordena retirada de painéis contra o comunismo
3 Delegado pediu para investigar Guedes e Aras; Barroso negou
4 Heard contrata novos advogados para apelar contra Johnny Depp
5 Justiça nega habeas corpus a homem que matou petista

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.