Leia também:
X Bolsonaro ironiza radares: ‘Policial escondido em árvore’

Posse de Mendonça no STF exigirá comprovante de vacina

Convidados também poderão apresentar um teste PCR de Covid-19 com resultado negativo

Henrique Gimenes - 09/12/2021 16h26 | atualizado em 16/12/2021 17h50

Ministro André Mendonça ao lado do presidente do STF, Luiz Fux Foto: STF/SCO/Rosinei Coutinho

Na próxima semana, o Supremo Tribunal Federal (STF) será o palco da cerimônia de posse do ministro André Mendonça. O evento será presencial, terá uma quantidade restrita de convidados e será necessário apresentar o passaporte da vacina ou um teste PCR de Covid-19 com resultado negativo, feito com até 72 horas de antecedência.

Mendonça foi indicado em julho pelo presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no Supremo e, após meses de espera, foi aprovado pelo Senado no início de dezembro. O placar final da votação ficou em 47 votos a 32. Com isso, o ex-advogado-geral da União irá ocupar a vaga que foi do ministro Marco Aurélio de Mello.

O evento está marcado para a próxima quinta-feira (15), às 16h. O evento deve durar 15 minutos e contará com um discurso do presidente do STF, ministro Luiz Fux. Na sequência, Mendonça será acompanhado pelo ministro mais antigo (Ricardo Lewandowski) e pelo ministro mais novo (Nunes Marques) até o plenário do STF, onde ele fará o juramento da posse.

Mais cedo, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Fux elogiou André Mendonça e afirmou que o novo ministro “não irá introjetar valores evangélicos extremos nas decisões”.

– Quando [os ministros] assumem, se tornam juízes da Constituição e terão que zelar pela Constituição. A laicidade do Estado não permite que defendam apenas valores religiosos – destacou.

Leia também1 Bolsonaro durante evento: 'Estou defendendo a Constituição'
2 "Doeu no coração ver Daniel Silveira preso", diz Bolsonaro
3 Devido a Moraes, Allan aciona Comissão de Direitos Humanos
4 Bolsonaro critica decisões de Moraes: "Isso é democracia?"
5 CPI pede que Moraes reconsidere quebra de sigilo de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.