Leia também:
X Chanceler ‘agiliza’ acordos com Israel por spray contra a Covid

Pollon para Freixo: ‘Cidadão de bem não é milícia de ninguém’

Presidente da Associação e Movimento Pró-Armas rebate a ofensiva do deputado do PSOL

Pleno.News - 15/02/2021 17h10 | atualizado em 15/02/2021 17h49

Presidente da AMPA rebate Marcelo Freixo
Presidente da AMPA rebate Marcelo Freixo Foto: Montagem/Reprodução

Neste sábado (13), Marcos Pollon, presidente da Associação e Movimento Pró-Armas (AMPA), postou um vídeo em seu canal no Youtube no qual ele responde às publicações do deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) no twitter.

O deputado afirmou na publicação:

– Bolsonaro acaba de publicar decreto que amplia para 6 o número de armas que civis podem ter. A política armamentista do presidente não é apenas sobre insegurança pública, é sobre democracia. Bolsonaro está armando seus apoiadores para ameaçar as instituições. O golpe está em curso.

Pollon disse que acompanhou os 11 meses de trabalhos para elaboração dos textos dos 4 decretos, inclusive as passagens pelas autoridades federais para eventuais lapidações, para que, no final das contas, os decretos entregues estivessem “sempre dentro do poder regulamentar do presidente“, evitando que o chefe do Executivo adentrasse o campo de outro Poder e acabasse por legislar sobre o tema.

De acordo com ele, os decretos apenas reduzem a burocracia.

Pollon disse que a fala do parlamentar não faz qualquer sentido porque este número apresentado no decreto de Bolsonaro é o mesmo que vigorou durante o governo do PT.

– O modelo de até 6 armas existiu em praticamente todo o governo Lula – afirmou Pollon.

Para o presidente da AMPA, a fala do deputado carioca é irresponsável ao atribuir ao cidadão brasileiro a marca de criminoso.

– Ele mede o cidadão de bem com a mesma régua que ele tem. E qual é essa régua? É a régua que vê os milicianos, os assassinos, os criminosos que, durante o regime militar de exceção, assaltavam bancos, sequestravam figuras públicas, cometiam milhares de atentados e atrocidades, e é com essa régua que ele vê o mundo – afirmou Pollon.

Leia também1 Bolsonaro: Povo está 'vibrando' com novo decreto de armas
2 Presidente com povo na praia: 'Bolsonaro até embaixo d'água'
3 Brasil está despreparado para "pandemia de ciberataques"
4 Comércio entre Brasil e China cresceu no governo Bolsonaro
5 Bolsonaro celebra apreensão de drogas na Bahia feita pela PF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.