Leia também:
X CNH com chip só será lançada em dezembro de 2022

Polícia Federal faz buscas em imóveis de Aécio Neves

Senador é acusado de comprar apoio político com dinheiro de propina

Camille Dornelles - 11/12/2018 10h11

Aécio Neves é alvo de investigações Foto: AGPT/Lula Marques

A Polícia Federal deflagrou uma operação nesta terça-feira (11) em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) para investigar o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Os agentes fazem buscas em imóveis dele e de sua irmã, Andréa Neves, no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.

Segundo investigações do MPF, Aécio participa de um esquema de compra de apoio político. Ele teria pagado R$ 15 milhões ao Solidariedade em troca de apoio da legenda. Além dele, também são acusados pelos mesmos crimes os deputados federais Paulinho da Força (SD-SP), Benito da Gama (PTB-BA) e Cristiane Brasil (PTB-RJ) e os senadores Agripino Maia (DEM-RN) e Antonio Anastasia (PSDB-MG).

Em nota, a defesa de Aécio Neves informou que o senador “sempre esteve à disposição para prestar esclarecimentos e apresentar todos os documentos que se fizessem necessários às investigações, bastando para isso o contato com seus advogados”.

A nota também acusa os delatores da J&F, responsáveis pelas denúncias, de mentirem para “manter os generosos benefícios de seus acordos de colaboração”. Aécio foi eleito deputado federal para o próximo mandato. A operação desta terça-feira foi batizada de Ross.

Leia também1 Dodge pede arquivamento de inquérito contra Aécio Neves
2 Saiba quais os parlamentares mais populares na internet
3 Joesley Batista diz que pagava 'mesada' de R$ 50 mil a Aécio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.