Leia também:
X Flordelis presta depoimento sobre morte do marido

PGR quer punir José de Abreu após ataques a Regina Duarte

Secretário de Direitos Humanos da PGR enviou ofício ao MPF sugerindo providências contra o ator

Henrique Gimenes - 05/02/2020 14h49 | atualizado em 05/02/2020 15h38

Ator José de Abreu Foto: Folhapress/Greg Salibian

Após os ataques feitos pelo ator José de Abreu contra a atriz Regina Duarte, a Procuradoria-Geral da República (PGR) decidiu agir. O secretário de Direitos Humanos do órgão, Ailton Benedito, enviou um ofício ao Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo em que sugere ao órgão que tome providências devido às ofensas ditas em uma entrevista.

Regina Duarte foi escolhida pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir a Secretaria de Cultura e espera a nomeação para tomar posse. Por causa disso, José de Abreu afirmou, em suas redes sociais, que iria “desmascarar” a atriz.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, José de Abreu criticou Regina Duarte por aceitar integrar o governo Bolsonaro e disse que “fascista não tem sexo” e que “vagina não transforma uma mulher em um ser humano”.

Ao saber das declarações, Ailton Benedito afirmou, em sua conta do Twitter, que iria encaminhar “ofício ao Ministério Público Federal no Estado de São Paulo, a fim de que tome conhecimento do fato e promova as medidas que entender cabíveis nas suas atribuições em face do sujeito que ofendeu todas as mulheres brasileiras”.

O documento foi enviado nesta terça-feira (4).

Leia também1 Bolsonaro critica feministas que não apoiam Regina Duarte
2 Regina Duarte: "A família é sólida quando cultiva valores"
3 Vereza defende que Regina Duarte fará um belo trabalho

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.