Leia também:
X Confira quem são os cristãos que podem ser nomeados para o STF

PGR acusa Wilson Witzel de criar rachadinha com verba da Saúde

Desvio era feito a partir de repasses do Fundo Estadual de Saúde a sete prefeituras

Rafael Ramos - 21/09/2020 11h25

Witzel é acusado de criar rachadinha Foto: Divulgação/Governo do RJ

O governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, foi acusado pela Procuradoria-Geral da República de ser criador de um esquema de desvio de verba pública destinada à Saúde com a ajuda do ex-secretário Edmar Santos. A suposta “rachadinha” era feita a partir de repasses do Fundo Estadual de Saúde a sete prefeituras.

De acordo com a PGR, o grupo receberia 10% do valor total transferido aos municípios, como Petrópolis, São João de Meriti, Paracambi, Itaboraí, Magé, Saquarema e São Gonçalo. O esquema foi apresentado pelo Ministério Público Federal que aponta Witzel como líder da organização criminosa.

Apontado como operador financeiro da quadrilha, o empresário Edson Torres revelou que a Secretaria Estadual de Saúde planejou transferir R$ 600 milhões aos fundos municipais de Saúde. Teoricamente, a divisão dos recursos seria feita pelo tamanho da cidade, mas isso não foi respeitado em todos os casos.

Ainda de acordo com a denúncia, a intenção seria superfaturar obras em algumas cidades para que o lucro fosse revertido para o núcleo comandado pelo Pastor Everaldo, preso por participar do suposto esquema de corrupção que resultou no afastamento de Witzel.

Leia também1 Confira quem são os cristãos que podem ser nomeados para o STF
2 Doleiro revela que entregava milhões na sede da TV Globo
3 INSS: "Peritos que alegam falta de condições estão mentindo"
4 TRE irá julgar pedido do PSOL para tornar Crivella inelegível
5 Presidente do TJ-RJ mantém prisão de Cristiane Brasil

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.