Leia também:
X Bolsonaro: ‘Não temos corrupção endêmica, mas casos isolados’

Petrobras: MP quer investigar nomeação de Paes de Andrade

Andrade assumiu presidência da estatal na manhã de terça-feira

Gabriel Mansur - 29/06/2022 16h25

Caio Mário Paes de Andrade
Caio Mário Paes de Andrade Foto: Reprodução Câmara dos Deputados

A indicação de Caio Mário Paes de Andrade à presidência da Petrobras incomodou o Ministério Público (MP), que pediu, nesta quarta-feira (29), que o Tribunal de Contas da União (TCU) investigue uma “ocorrência de possível ilegalidade” na nomeação.

Andrade assumiu o cargo na manhã de terça (28), segundo informou a companhia. Ele substituiu José Mauro Ferreira Coelho, que havia sido indicado em 6 de abril e pediu demissão no dia 20 de junho.

Segundo documento de representação, o que justifica as investigações são os “indícios de descumprimento dos requisitos necessários”, como a ausência de experiência profissional na área de atuação da estatal e formação acadêmica em área diversa.

O MP também solicita que se apure uma suposta “ingerência indevida do governo federal” na Petrobras. Como exemplo, o órgão cita as constantes trocas na presidência da empresa e nos integrantes do Conselho de Administração pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Leia também1 'Medidas devem levar gasolina de R$ 7,39 a R$ 5,84', diz Sachsida
2 Paes de Andrade toma posse da presidência da Petrobras
3 Bolsonaro avisa que a Petrobras terá uma “nova dinâmica”
4 Nomeação de Paes de Andrade será questionada na Justiça
5 Caio Paes de Andrade é eleito novo presidente da Petrobras

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.