Leia também:
X Marcelo Odebrecht termina pena após serviços comunitários

Petrobras aprova aumento do salário de Jean Paul Prates

Presidente da estatal disse que se absteve de votar

Monique Mello - 28/04/2023 18h08 | atualizado em 28/04/2023 18h29

Jean Paul Prates Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A assembleia de acionistas da Petrobras aprovou, nesta quinta-feira (27), o aumento nos salários dos diretores da estatal, incluindo o presidente Jean Paul Prates, cujo salário passou de R$ 116 mil para R$ 126 mil. O reajuste foi de 9%, menor do que o aprovado pela administração da estatal em março, de 43,88%. Com o primeiro reajuste proposto, o salario de Prates elevaria para R$ 167 mil.

O presidente da Petrobras informou que não votou pelo aumento do próprio salário.

– Cabe esclarecer que me abstive da decisão tomada pelo colegiado, assim como outros três conselheiros, que, como eu, deverão permanecer no conselho – disse.

Segundo Prates, aqueles que votaram a favor, “tiveram como base a percepção de oportunidade de melhoria dos valores de remuneração”.

Os diretores também foram beneficiados com aumento no auxílio-moradia, e na participação de lucros da companhia, além de uma “ajuda de custo”.

De acordo com a Petrobras, a remuneração anual tanto do presidente quanto dos diretores equivale a 18,19% e 54,85% do praticado pelo mercado.

Leia também1 Conselho da Petrobras é eleito com três membros "inelegíveis"
2 Armínio Fraga: Brasil corre risco de desembocar em grande fiasco
3 "Se tem uma profissão honesta, é a do político", dispara Lula
4 Prates indica executivo demitido por desvios para Petrobras
5 Em março, contas do governo têm rombo de R$ 7,1 bilhões

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.