Leia também:
X Foragido há 5 meses, condenado por mais de 100 estupros é preso

Pesquisa: Mais eleitores se dizem de direita do que de esquerda

Números fazem parte de análise realizada pelo instituto de pesquisa do Senado Federal

Paulo Moura - 16/05/2022 09h56 | atualizado em 16/05/2022 10h12

Manifestação na Avenida Paulista, em São Paulo Foto: EFE/ Fernando Bizerra

Dados da pesquisa Panorama Político 2022, realizada pelo Senado Federal, apontaram uma preferência maior dos eleitores brasileiros pela direita do que pela esquerda. De acordo com os números, 21% dos eleitores no país se manifestaram direitistas, percentual que foi quase o dobro comparado com o daqueles que se disseram esquerdistas, que ficou em 11%.

Apesar de direita e esquerda possuírem um papel de destaque no embate político, a ampla maioria dos entrevistados (55%) não se considerou integrante de nenhuma das ideologias, seja ela esquerda, direita ou centro. Os centristas, por sua vez, foram a menor parcela ideológica da população e somaram apenas 9%.

A pesquisa mais recente, realizada entre os dias 18 de novembro e 14 de dezembro do ano passado, foi feita por telefone com 5.850 cidadãos de 16 anos ou mais. O estudo foi feito pelo instituto DataSenado, órgão de pesquisa vinculado à Secretaria de Transparência do Senado Federal.

Na comparação com o ano passado, a direita teve uma leve alta, saltando de 20% para 21%. A esquerda, por outro lado, caiu quatro pontos percentuais, de 15% em 2021 para 11% neste ano. O centro também registrou queda neste ano na comparação com o ano passado. Em 2021, o percentual de centristas era de 11% e, agora, marca 9%.

Leia também1 Foragido há 5 meses, condenado por mais de 100 estupros é preso
2 Ex-BBB Rodrigo agradece a Deus por "nova chance" após acidente
3 Atirador de NY já havia citado vontade de cometer massacre
4 Cientistas estudam relação entre hepatite em crianças e Covid-19
5 Carta de Doria é sinal de "quase rompimento" com o PSDB

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.