Leia também:
X “Se foi fiasco, deixa eu mostrar”, diz Bolsonaro sobre discurso

PDT pede que TSE proíba lives de Bolsonaro no Alvorada e Planalto

Partido ainda foi além e pediu cassação da candidatura do presidente

Thamirys Andrade - 23/09/2022 10h45 | atualizado em 23/09/2022 13h00

Presidente Jair Bolsonaro Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado por Jair Bolsonaro nas redes sociais

A campanha do candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, acionou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra as lives do presidente Jair Bolsonaro (PL) realizadas no Palácio do Planalto e Palácio da Alvorada. Eles pedem que a Corte proíba o candidato de fazer transmissões com teor eleitoral utilizando o aparato público e os intérpretes de libras pagos com recursos públicos.

Segundo informações do Estadão, a legenda ainda vai além e solicita do registro de candidatura de Bolsonaro por “abuso de poder político e econômico e uso indevido de meios de comunicação”.

O documento utiliza como argumento a legislação eleitoral que proíbe o uso de bens públicos em benefício de um candidato. O PDT pede que a live desta quarta-feira (21) seja retirada do ar, e que as transmissões não possam ser utilizadas nas propagandas eleitorais.

A sigla também pontuou que Bolsonaro anunciou que faria lives diariamente e convocou a população a realizar uma motociata no dia 1° de outubro, em Brasília.

– Bolsonaro não hesita em vincular sua atuação como presidente da República à de candidato à reeleição, de modo que se utiliza de todo aparato estatal para veicular conteúdo de natureza eleitoral em ordem a promover acintes ao princípio da isonomia e, com isso, malferir a normalidade e a higidez do pleito – acusa a campanha de Ciro.

Leia também1 Justiça ordena remoção de matérias sobre imóveis da família Bolsonaro
2 Alexandre de Moraes avalia fechar clubes de tiro nas eleições
3 Lula vai à Justiça para reaver valor pago no tríplex do Guarujá
4 PGR quer que STF arquive pedido para investigar Bolsonaro
5 TSE limita tempo de Michelle em propagandas de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.