Leia também:
X CCJ adia votação da reforma administrativa para terça-feira

Pazuello responsabiliza governo do AM por crise de oxigênio

Ex-ministro também atribui culpa à fornecedora White Martins

Pleno.News - 20/05/2021 12h01 | atualizado em 20/05/2021 12h50

Pazuello fala sobre a crise de oxigênio em Manaus, na CPI da Covid Foto: Agência Senado/Edilson Rodrigues

Em depoimento à CPI da Covid, o ex-ministro Eduardo Pazuello atribuiu à empresa White Martins e ao governo do Amazonas a responsabilidade pela crise de desabastecimento de oxigênio no início do ano em Manaus.

Pazuello afirmou que a White Martins, fornecedora de oxigênio, teria responsabilidade porque não colocou de “forma clara, desde o início” que estaria consumindo a reserva estratégica do produto.

Já sobre o governo estadual, o ex-ministro da Saúde alegou que a preocupação com o acompanhamento do oxigênio não era “foco” da Secretaria de Saúde.

– No plano de contingência apresentado a nós, não foi apresentada nenhuma medida de oxigênio. A White Martins já vinha consumindo reserva estratégica e não fez essa posição de forma clara desde o início. Não tem como isentarmos essa posição; primeira responsabilidade. E, se secretária de Saúde tivesse acompanhado de perto, teria descoberto que estava sendo consumida a reserva estratégica [de oxigênio]. Vejo duas responsabilidades muito claras; começa na empresa que consome e não se posiciona de forma clara – afirmou Pazuello.

*Estadão

Leia também1 Senado aprova projeto para facilitar importação de insumos
2 "Compromisso com a verdade é além da CPI, sou oficial general"
3 CPI: Senador Ciro Nogueira elogia depoimento de Pazuello
4 Vacinados contra a Covid-19 no Brasil chegam a 40,3 milhões
5 "Venezuela é um Estado falido", diz ex-presidente da Espanha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.