Leia também:
X Joice ironiza manifestações e leva invertida de Rosanne Garcia

Pazuello rebate Miranda e nega ter sofrido pressão de Lira

Ex-ministro da Saúde negou que tenha recebido qualquer pressão do atual presidente da Câmara

Paulo Moura - 04/08/2021 08h29 | atualizado em 04/08/2021 09h30

Pazuello rebateu declaração de Luis Miranda Foto: Reprodução

O ex-ministro da Saúde e atual secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Eduardo Pazuello, afirmou não ter sofrido qualquer pressão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em sua gestão no Ministério da Saúde para disponibilizar recursos para atender a demandas do parlamentar.

A afirmação foi divulgada na terça-feira (3) por meio de nota da Secretaria Especial de Comunicação da Presidência (Secom). O comunicado foi uma resposta a uma declaração dada pelo deputado Luis Miranda (DEM-DF), em depoimento à Polícia Federal, em que o parlamentar afirmou que Pazuello teria sido ameaçado de demissão pelo agora presidente da Câmara.

Miranda disse que Lira teria ameaçado pedir a demissão do ex-ministro Pazuello caso ele não liberasse verbas provenientes de emendas a parlamentares, o “pixulé”. O deputado do Democratas também relatou que Pazuello disse ter havido “sacanagem” no ministério desde a sua chegada. Segundo Miranda, o ex-ministro também falou sobre uma grande pressão sofrida no fim de 2020.

Em nota, Lira afirmou que a “respeito das declarações dadas pelo deputado Luis Miranda, as mesmas devem ser respondidas pelo ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello” e que “sobre as demais informações propagadas, o deputado deverá responder no foro adequado, que é o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.