Leia também:
X Clubes de futebol reclamam de futuro imposto para os times

Tentativa de recriar CPMF derruba chefe da Receita

Ex-secretário era entusiasta da nova CPMF

Rafael Ramos - 11/09/2019 16h43 | atualizado em 11/09/2019 18h47

Cintra foi demitido da Receita Federal Foto: Agência Brasil/Valter Campanato/

Defensor da reedição da extinta CPMF, o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, foi demitido, nesta quarta-feira (11), pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. O cargo foi assumido de forma interina pelo auditor fiscal José de Assis Ferraz.

Em nota, Guedes agradeceu a Cintra pelos serviços prestados e disse que a equipe econômica trabalha na formulação de um novo regime tributário. De acordo com o comunicado, a proposta visa “corrigir distorções, simplificar normas, reduzir custos, aliviar a carga tributária sobre as famílias e desonerar a folha de pagamento”.

Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro garantiu que a reedição de um imposto sobre pagamentos não estava em seus planos de governo. Entretanto, ele declarou, na manhã desta terça-feira (10), que a possibilidade de uma nova CPMF vai depender de uma compensação para as pessoas.

Leia também1 Alcolumbre: 'Brasileiros não suportam mais pagar imposto'
2 Rodrigo Maia diz que CPMF terá dificuldades na Câmara
3 Governo pensa em imposto de 0,4% para saques e depósitos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.