Leia também:
X Doria promete acabar com sigilo de 100 anos, mas leva invertida

Mãe de hipster da federal diz que filho era “apaixonado” por Deus

Maurícia Valença afirma que filho teve surto psicótico antes de morrer

Thamirys Andrade - 14/04/2022 15h53 | atualizado em 14/04/2022 17h44

Pastora Maurícia Valença ao lado do filho, Lucas Valença
Pastora Maurícia Valença ao lado do filho, Lucas Valença Foto: Reprodução / Instagram

Conhecido como hipster da Federal, o policial Lucas Valença, morto no último dia 2 de março, veio de uma família cristã. Sua mãe, Maurícia Valença, é pastora evangélica e contou que o filho era “apaixonado pelo Deus que ele serviu”.

– Nós somos servos de Deus. Lucas era apaixonado pelo Deus que ele serviu. Sei que isso foi loucura, uma doença, um surto psicótico extremo – relatou ela, se referindo ao episódio que levou à morte do filho, baleado no peito.

Em depoimento à polícia divulgado pelo portal Metrópoles, a pastora Maurícia conta que Lucas passou por uma drástica mudança de comportamento nos dias que antecederam seu falecimento. De acordo com ela, o policial estava em uma chácara da família quando começou a dar súbitos traços de agressividade.

De acordo com o relato do padrasto de Lucas, o jovem oscilava entre picos de surto e de consciência. Quando estava alterado, ele chamava as pessoas de “fracas” e dizia estar possuído pelo espírito do pai, que morreu quando ele tinha 3 anos.

– Não era o Lucas que estava ali – destacou o padrasto à polícia.

Além disso, de acordo com o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, Lucas teria falado em demônios pouco antes de morrer, tentando invadir a casa de um auxiliar de almoxarifado. Valença teria gritado do lado de fora da residência que “havia um demônio” no local.

O agente federal foi atingido no peito por um tiro disparado pelo dono da casa e não resistiu. A Polícia Civil concluiu que o homem agiu em legítima defesa, mas o indiciou por posse ilegal de arma.

Leia também1 Mãe detalha surto que "hipster da federal" teve antes da morte
2 Polícia conclui inquérito sobre morte do hipster da Federal
3 Despedida: Corpo do hipster da Federal é enterrado em Brasília
4 Hipster da Federal estava em tratamento contra depressão
5 Hipster da Federal teria falado em demônio; família cita surto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.